Artigo de professores e acadêmicos da FAME é publicado em revista internacional

14/04/2021

O artigo é resultado de um programa de iniciação científica e do mestrado do professor Rodrigo Almeida

 No final do mês de março, o artigo intitulado “Angiogenic effect of the application of radial shock waves on the integral musculature of the Wistar rat quadriceps – a new perspective for muscle physiology” foi publicado pela Revista Internacional “Journal of Biological Regulators & Homeostatic Agents”. O artigo ocupou cinco páginas do periódico e editado no volume 35. Uma revista de impacto científico de relevância B1 é de grande destaque no universo educacional da medicina.

O artigo foi produzido pelo Me. Rodrigo Almeida, professor Dr. Daniel Antero de Almeida Galdino, o ortopedista Dr. Newton Fonseca, os acadêmicos Raquel Ida Ferreira e Pedro Laguardia Almeida e pelo egresso, Ítalo Guilherme Giarola. O artigo, que tem como tema os efeitos de ondas de choque em musculatura de ratos, é resultado de um programa de iniciação científica e mestrado do professor Rodrigo.

O Dr. Rodrigo e Dr. Newton são ortopedistas, sócios e pioneiros em tratamento por ondas de choque na região de Barbacena. “Com os excelentes resultados obtidos resolvemos realizar estudos para observar a ação do tratamento na musculatura para avaliarmos a eficácia e segurança do método. Com o apoio e auxílio da FAME, estamos sempre em busca do conhecimento”, relata o Dr. Newton.

Para o professor Dr. Daniel Antero, o artigo é de extrema importância para aproximar as ciências básicas das atuações clínicas do estudante, levar conhecimento atual e pertinente.  “Os artigos estimulam os alunos a indagar, perguntar e construir hipóteses. Demonstram também que através das pesquisas científicas podemos aprofundar em determinado assunto, trazendo para sala de aula as novidades da ciência da saúde e assim, estimular o aluno a obter informações verdadeiras, atuais e com possibilidades de aplicações em suas futuras carreiras médicas”, disse.

Segundo a aluna Raquel Ferreira, que teve grande importância na produção do artigo e persistiu para que fosse publicado, “a ideia da pesquisa surgiu da revisão da literatura que consolida bem o uso das ondas de choque principalmente em ossos para tratamento de lesões e fraturas”, disse. Apesar de a literatura apontar o uso das ondas de choque em músculo para algumas doenças, como espasticidade pós AVC, não há artigos que apontam o mecanismo de ação das ondas na musculatura.

O processo de publicação de um artigo é longo e certos obstáculos podem surgir. “Acho que nossa maior dificuldade foi conseguir separar as informações essenciais para o manuscrito de defesa de mestrado e as que deveriam estar no artigo de publicação. Além disso, tivemos algumas dificuldades em entender qual revista seria ideal para publicação de pesquisa com animais, visto que não é nossa rotina”, conta a acadêmica Raquel.

“Foi muito gratificante finalizar o projeto com o reconhecimento de um jornal de grande impacto. Acabei abraçando a ideia do trabalho mesmo antes de fazer a prova para a iniciação científica. Foi um processo lento e laborioso na aplicação de protocolos, construção do artigo, adequação em dois manuscritos diferentes para a defesa do mestrado e para publicação. Além disso, foi a primeira oportunidade que tivemos em trabalhar com pesquisa em animais”, relata a aluna.

Para o aluno Pedro Laguardia, participar deste projeto foi muito importante e pretende contribuir cada vez mais com a comunidade acadêmica e a medicina. “Ver meu nome na participação desse projeto inusitado e muito bem arquitetado foi motivo de muito orgulho para mim. É uma sensação muito gratificante publicar um artigo para uma revista internacional de grande expressão com uma equipe extraordinária formada por ótimos profissionais. Por isso, gostaria de agradecer a todos os participantes por essa deslumbrante oportunidade, em especial, ao meu pai Me. Rodrigo Santos Almeida, que é meu exemplo de médico, profissional e caráter, e sua ex-aluna Raquel que me instruiu a como fazer parte dessa pesquisa. Foi uma ótima experiência entrar no meio científico e espero que seja o primeiro de muitos trabalhos para sempre representar o nome da FAME/FUNJOBE e enriquecer cada vez mais minha bagagem de conhecimento no intuito de ser um grande médico no futuro”, destaca o acadêmico.

Por fim, o professor Dr. Daniel Antero também se sente orgulhoso em poder contribuir com a Instituição e com a ciência. “Fizemos um excelente trabalho em equipe. O professor Rodrigo, seus alunos e demais envolvidos estão de parabéns”, conclui.

Para acessar o artigo, clique aqui.

Deixe seu comentário

Artigos relacionados

Praça Presidente Antonio Carlos - nº08 - Barbacena/MG CEP 36202-336

(32) 3339-2950

fame@funjob.edu.br

Seg á Sex de 09hrs á 18hrs